quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Suspeitos de roubo e homicídio são presos



Dois homens foram presos em Feira de Santana na tarde desta quinta-feira (30) por policias do Ronda Escolar da 67ª CIPM, sob o comando do Sargento Pascoal.
Um deles, Leonardo Ferreira, conhecido como ‘Hellmans’, 24 anos, atualmente mora em Amélia Rodrigues, mas foi preso no bairro Aviário. Ele é acusado de matar policiais militares e era procurado pelo Baralho do Crime da Secretaria de Segurança Pública.
Também foi preso Aristides Figueiredo da Silva, morador no residencial Aviário II no bairro Aviário, acusado de ser comparsa de Leonardo. O veículo foi recuperado.

De acordo com o sargento Pascoal, os dois são acusados de terem roubado um veículo Honda Fit Prata, na BR-324 em frente a Pepsico, entrada do distrito de Humildes. Com eles, foram apreendidas duas armas e munição.








As informações são do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade

Troca de tiros na Queimadinha. Polícia apreende armas e drogas. Dois suspeitos mortos



Na madrugada desta quinta-feira (30), uma grande quantidade de drogas ilícitas; entre maconha, crack e cocaína, foram apreendidas pela PM no bairro Queimadinha em Feira de Santana.
Segundo informações, as guarnições da 66ª CIPM patrulhavam as ruas do bairro quando foram surpreendidas por um grupo de homens que estavam no final da rua Rondônia, próximo a um matagal. Os homens estavam de armas em punho.
Com a aproximação da polícia, houve um confronto e dois suspeitos foram atingidos e posteriormente socorridos para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), mas não resistiram.
Além de dois sacos cheios de drogas, a polícia apreendeu duas armas de fogo; um revólver calibre 38 e uma pistola calibre .40.
Os corpos dos suspeitos estão no DPT e ainda não foram identificados.




Fato Concreto

Representante comercial está desaparecido desde segunda-feira (27)



O representante comercial Gildásio Ribeiro da Silva, 47 anos, que reside no bairro São João (Ex-combatentes), em Feira de Santana, está desaparecido desde a manhã da última segunda-feira (27), quando foi levar a sobrinha à escola.



De acordo com familiares, ele retornou para casa trocou a camisa por uma camiseta branca e saiu em seu veículo Ford Focus branco, de placa NZE-9718, licença de Feira de Santana. Ele também estava usando bermuda e sandália.
Preocupados com o sumiço, a família tentou falar com ele pelo celular, mas não conseguiu. Quem tiver informações que ajudem a localizá-lo pode ligar para os números: 75 9977-9966 (WhatsApp); 9973-0524 (Vilma);8841-0631 (Pollyana).



AcordaCidade

Polícia Federal apreende 06 fuzis, 01 pistola e várias munições na região de Feira


Fotos Gleidson Santos

Um arsenal de grosso calibre foi apreendido pela Polícia Federal (PF) em uma barreira montada no município de Santo Estevão, na tarde desta quarta-feira (29). As armas avaliadas em cerca de R$ 1 milhão de reais estavam escondidas em compartimentos de dois veículos que vinha da cidade de Uberaba, em Minas Gerais, com destino a Feira de Santana, na Bahia onde seria comercializada.



A apreensão ocorreu após denuncias anônimas que levaram a Polícia, através do grupamento GISE – Grupo de Investigações Sensíveis, a interceptar uma caminhonete S-10, placa NIY-0124 com licença de Uberlândia-MG, além de um veículo de passeio Uno/Mille, de placa HLI-6155, licença de Itubiara-Goiás. Na caminhonete foram encontrados seis fuzis sendo quatro modelos M-16 e dois AK-47, armas com poder de fogo capazes de derrubar aviões de pequeno porte. Já no veículo menor, foram encontradas pistolas calibre Ponto45, além de vasta munição de grosso calibre.



Durante a barreira, o condutor do veículo Uno, identificado como Diego Brado, morador no estado de Mato Grosso, tentou fugir obrigando os policiais a atirar contra o pneu do automóvel. No veículo também estava Luiz Carlos de Lima Santos, conhecido mais como “Baiano”, morador em Salvador e que responde por crime de homicídio.



Na caminhonete estava Cicero Fernandes da Silva, que dirigia o veículo além de Roberto Carlos Rosa, morador no estado no estado de Minas Gerais. Todos foram conduzidos até o posto da PF em Feira de Santana onde foi lavrado o flagrante pelo delegado Wal Gulart.



De acordo com o delegado Gular, Roberto Carlos Rosa é principal suspeito de ser o dono do armamento. Segundo o delegado, Roberto teria contratado o Diego e o Cicero para conduzirem os veículos até Feira de Santana onde as armas seriam entregues a grupos especializados em assalto a bancos e tráfico de drogas. Já Luiz Carlos dava suporte à quadrilha.



“Feira de Santana mostra ser uma rota principal de tráfico de armas e drogas. Nossa equipe está atenta quando a isso e investigando todas as informações que chegam para combater com esses crimes no estado”, afirmou.


Durante a apresentação dos acusados a imprensa, Diego Brado negou ter conhecimento de que transportava armas no veículo e afirmou que o veículo que conduzia é emprestado. Já Luiz Carlos explicou que conhecia Roberto Carlos e que apenas pegou carona em Salvador com destino a Feira de Santana.

FAÇA SEU COMENTÁRIO


Faça seu comentário

/* -------------- * HTML PARA SITES* ------------------- */