domingo, 24 de maio de 2015

Rebelião no conjunto Penal de Feira de Santana com pessoas assassinadas

Segundo informações colhidas o número de mortos  foram sete detentos assassinados dentro do presídio. A Polícia Militar já está no Conjunto Penal para tentar controlar a situação. Além disso, duas ambulâncias do Serviço de Atendimento Médico de Urgência estão no local para prestar socorro aos feridos.
Os detentos do Conjunto Penal de Feira de Santana realizaram na tarde deste domingo (24) uma rebelião dentro do presídio. Segundo informações preliminares, presos tentaram fugir pelos fundos do prédio. Há mortos no local, entre eles alguns que foram estrangulados e outros assassinados.
José Sirlas foi decapitado
. O detento José Sirlas foi decapitado. Ele é acusado de ter cometido mais de 10 crimes em Feira de Santana. Os detentos fizeram os visitantes de refém e solicitaram a comissão de Direitos Humanos.
De acordo com o comandante Adelmário uma briga de facções gerou o motivo.
"A briga pelo poder gerou essa briga com decaptados e feridos. Eles entregaram 3 armas de fogos, além de armas brancas. Os reféns estão bem, não estão feridos e são parentes dos presos".
Estão no local, o presidente da Câmara Municipal, Reinaldo Miranda e a vereadora Cinthia Machado, membro da Comissão de Direitos Humanos da Casa, o Superintendente de Ressocialização da Secretaria de Administração Penitenciária, Luis Antonio Fonseca, representantes da Ordem dos Advogados do Brasil e o comantande da Polícia Militar, Adelmário Xavier.    Dentro do Presidio foram feridos a golpe de faca Dioclécio Aureliano dos Santos, Davi Pires Almeida Fernandes, Anderson Clayton Silva Nascimento, Iago de Jesus dos Santos e Luiz dos Santos Almeida. Ele foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA).
Veja o vídeo:

video

FeiraTV com edição de Everton Santos e imagem de Rejane

Acidente de transito com vitima fatal próximo ao Shopping Bulevard


Motociclista morre após bater em poste em rua próximo ao shopping Bulevard

Morreu em um acidente de trânsito, no início da tarde deste domingo (24), o conferente de uma transportadora Genival Oliveira Silva, de 46 anos. Ele pilotava uma motocicleta da Honda, modelo Bros, placa PJC 4963, na Rua Milton Vieira Rick, no bairro São João, quando, segundo informações, foi fechado por um veículo de dados ignorados em uma curva.

FeiraTV com informações do repórter Carlos Costa

Mais de 1 milhão de pessoas ficarão de fora do 'novo' seguro-desemprego

O trabalhador rural José Aparecido Silva, de 46 anos, recebeu seguro-desemprego pela primeira vez no início de 2014, após conseguir ficar pouco mais de seis meses com a carteira assinada, colhendo café em fazendas da região de Ribeirão Preto. "Ajudou muito", disse.
Até o início deste ano, qualquer pessoa demitida sem justa causa após seis meses com carteira assinada poderia receber o benefício. Pela proposta em tramitação no Congresso, esse prazo subirá para 12 ou 9 meses para quem solicitar o seguro pela primeira ou pela segunda vez em sua vida profissional, respectivamente. A partir do terceiro pedido, a exigência do prazo mínimo de seis meses de trabalho fica mantida.A ajuda pode não se repetir. Silva é um dos 1,6 milhão de trabalhadores que teriam o benefício recusado caso já estivessem em vigor as mudanças aprovadas no início deste mês pela base governista na Câmara. As novas regras do seguro-desemprego devem prejudicar principalmente trabalhadores de baixa renda e que ingressaram há pouco tempo no mercado formal de trabalho - um segmento social significativo na base de eleitores da presidente Dilma Rousseff e do PT.>Com as novas regras, que ainda precisam do aval do Senado, serão alteradas as exigências de tempo mínimo de trabalho para se ter direito ao seguro-desemprego.

Restrições

Na prática, isso reduzirá o contingente de beneficiados. Dos 8,5 milhões de seguros pagos em 2014, quase 20% não se enquadrariam nas novas exigências e teriam sido recusados se elas estivessem valendo na época, segundo estimativa feita pela área técnica do Ministério do Trabalho.
Nesses 20% haveria alta concentração de pessoas com baixa remuneração. Cálculos do Estadão Dados com base em relatórios do ministério mostram que, quanto menor a renda, maior a chance de o trabalhador ser demitido antes de um ano de trabalho.
Dentre todos os demitidos em 2014 que recebiam até dois salários mínimos, 23% tinham entre seis e doze meses de trabalho. Essa parcela cai para 12% no grupo com renda superior a dez salários mínimos.>Silva, que voltou a obter emprego no setor cafeeiro, teme não conseguir sacar o seguro desemprego quando for demitido. Atualmente, ele tem dois meses de carteira assinada. O emprego só existirá, porém, enquanto houver café a ser colhido. Para ter direito a uma segunda solicitação do benefício, o número mínimo de meses trabalhados será de nove, segundo as regras aprovadas pela Câmara. Silva acha difícil atender à nova exigência. "Não depende da gente", afirmou. "Quando acaba a colheita, também não costuma ter mais serviço."
As mudanças no seguro desemprego, que fazem parte das medidas de ajuste fiscal do governo, devem ser votadas pelo Senado nesta semana.>(Colaboraram Rene Moreira, especial para AE, e Murilo Rodrigues Alves)


FeiraTV com informações do jornal O Estado de S. Paulo.

sábado, 23 de maio de 2015

Palco já está pronto para realização do evento “Saiba Dizer Não” em Feira de Santana

Será realizado neste domingo dia 24, a partir das 14 horas, em frente à Estação de Transbordo Central, acontecerá o “Saiba Dizer Não”, evento de conscientização contra as drogas, organizado pelo grupo jovem da Igreja Universal do Reino de Deus, objetivando a conscientização de jovens sobre as consequências do uso de drogas lícitas ou ilícitas. “Outro ponto levantado será a reintegração social de ex-dependentes”
Evento evangélico busca reunir 15 a 20 mil jovens em Feira de Santana
Com o objetivo de alertar a população sobre o grande número de jovens assassinados envolvidos com as drogas em Feira de Santana.

FeiraTV com edição e imagem de Everton Santos

FAÇA SEU COMENTÁRIO


Faça seu comentário

/* -------------- * HTML PARA SITES* ------------------- */